27 julho 2012

[QUOTES] 'O Poder dos Seis' de Pittacus Lore


"-Passei minha vida como clandestino - eu digo, esfregando os olhos. - Que diferença faz?
-Bem, eu nunca fui, e há uma recompensa por mim também - Sam diz. - Míseros vinte e cinco mil, dá para acreditar? E eu não sei se sou um fugitivo competente. Nuna fiz isso antes." - Capítulo Três, página 26

"-Estava pensando que, de nós quatro, três são alienígenas, dois são fugitivos com vínculo terroristas e nenhum tem uma carteira de motorista válida. Alguma coisa me diz que as coisas talvez fiquem interessantes." - Capítulo Três, página 35

"-A vida é como um vinho fino: é para ser apreciada lentamente." - Capítulo Cinco, páginas 51

"-Marina, a que vem do mar - ele fala em voz baixa. - Os únicos limites do amanhã são as dúvidas que temos hoje." - Capítulo Nove, página 89

[...] "-O segredo para mudar é superar o medo." - Capítulo Doze, página 121

[...] "Nunca perca a fé em si mesmo, e nunca perca a esperança, e lembre-se de que, mesmo quando este mundo mostrar o que tem de pior e lhe der as costas, ainda assim sempre haverá esperança." - Capítulo Dezoito, página 178

"Estar apaixonado é muito estranho. Os pensamentos acabam sempre se voltando para essa outra pessoa, independentemente do que se está fazendo. Ao pegar um copo no armário, ao escovar os dentes ou ao ouvir alguém contar uma história, sua mente começa a vagar pela lembrança do rosto, do cabelo e do cheiro da pessoa amada, a imaginar a roupa qie ela está vestindo e o que dirá na próxima vez que a vir. E, junto a esse constante estado de sonho, o estômago parece estar preso a uma corda elástica, descendo e subindo por horas até enfim se acomodar perto do coração." - Capítulo Vinte, página 193

[...] "-Seis soa perfeito. Se alguém perguntar, posso dizer que é um diminutivo para um nome qualquer.
Sam olha para ela.
-Que nome? Seiscentos?" 
- Capítulo Vinte, página 196

0 comentários:

Postar um comentário