27 novembro 2011

O que estou lendo: 'Cante Para eu Dormir'


Livro: Cante Para Eu Dormir (Sing Me To Sleep)
Quem escreveu: Angela Morrison
Editora: Pandorga
N° de páginas: 351
Onde comprar: Saraiva

Cante para eu dormir revelará a dura realidade da vida, a energia firme da amizade e mostrará que o verdadeiro amor transcende tudo. O livro conta a história de Beth, uma garota que sofre bulling e passa toda sua infância sendo rejeitada por sua aparência. As únicas pessoas a aceitá-la são sua mãe e seu melhor amigo, Scott. Mas tudo isso fica para trás quando ela é convidada para ser a vocalista do coral da escola e recebe a transformação que lhe dará a oportunidade de conhecer um amor que vai além de tudo, até mesmo da própria vida. Derek é tão lindo, tão doce, tão fantástico que Beth acha que não merece, mas quer experimentar, mesmo estando á milhas de distância. Porém, existem segredos não revelados entre eles. A história reúne as mais profundas emoções humanas: decepções, tristezas, alegrias, amores e paixão, muita paixão, que ficará gravada em cada coração por muito tempo, mesmo depois do término da leitura. 

Por onde começar? Acabei de ler o livro agora mesmo e não queria deixar para escrever sobre ele depois. É um livro tão real e lindo que é impossível não se emocionar. 'Cante para eu dormir' com certeza deixou sua marca em minha vida e eu nunca irei esquecer sua história.

É tão difícil falar sobre um livro como esse... Angela Morrison escreve de uma forma delicada, moldando cada palavra, fazendo do livro uma obra de arte. E como toda obra de arte, 'Cante para eu dormir' me fez chorar mas também me fez sorrir bobamente com vários momentos fofos do livro.

O livro é totalmente dedicado a Derek. Com certeza, Derek entrou para o meu top 7 de personagens favoritos. Ele é meigo, bonito, canta em um coral, compõem, é romântico... bem, é tudo que uma garota pode querer. Fiquei fascinada com Derek e muitas vezes me peguei xingando Beth por ter todo esse amor incondicional de Derek. Eu o amei desde o primeiro momento em que apareceu no livro! Nunca vou me esquecer dele.

Em compensação, eu odiei Beth. Ok, estou exagerando. O começo do livro é voltado inteiramente para a 'transformação' de Beth 'A Fera' para Beth 'A Bela'. Honestamente? Estava quase desistindo do livro por causa da Beth. Sem brincadeira, demorei para ler esse livro por não aguentar mais ouvir a Beth se chamando de 'A Fera'. Mas apesar de tudo isso, a partir do momento em que Derek aparece no livro meio do livro eu meio que me conformei com Beth tirando a obsceção dela querer fazer sexo com o Derek.

Acho que nunca chorei tanto com um livro quanto é esse. Tudo o que Derek fez pela Beth é tão meigo e ao mesmo tempo trágico... O amor de Derek por Beth é a coisa mais linda que eu já li (desculpe-me, Nicholas Sparks mas, é verdade). Toda a história de Derek fez meu coração sofrer com ele e Beth.

A história foi baseada em uma história real, na história de Matt Quaife, e Cante para eu dormir foi uma maneira de lembrar e compartilhar seu espírito com todos. Isso deixa a história ainda mais profunda e tocante. Não vou me aprofundar no assunto, é algo muito emocional e só quem ler o livro poderá entender.

Você deve estar achando que é melhor não ler o livro já que é tão triste. Por favor, leia. A história merece ser conhecida por todos.

E por fim, mas não menos importante, gostaria de mostrar uma das músicas - ela é importante na história - do livro. Mas se eu fosse você, escutaria só depois de ler o livro. Mas para os curiosos...



Várias músicas ficaram tocando em minha cabeça quando eu terminei de ler o livro. Para quem quiser conferir algumas delas (não está na ordem do livro, ok?):

Glee Cast - Keep Holding On


Adele - Someone Like You


Adele - He Won't Go


Bruno Mars - It Will Rain (menos a parte "I'll never be your mother's favorite / Your daddy can't even look me in the eye")


XOXO,

Cami
26 novembro 2011

Top 5 Of Week #28

1. Miley Cyrus - Liberty Walk (remix)


2. The Fray - Heartbeat


3. Christina Perri - A Thousand Years



4. Justin Bieber - Fa La La ft. Boyz II Men 


5. Flo Rida - Good Feeling



Essa semana não teve Glee :( Mas para compensar, semana que vem tem episódio novo com músicas muito boas (sim, já escutei algumas). 


XOXO,


Cami
20 novembro 2011

I watched... Friends With Benefits


Dylan (Justin Timberlake) vai para Nova Iorque para um entrevista de emprego. Jamie (Mila Kunis) é uma “caça-talentos” e ela é quem vai ajudar Dylan a arranjar um emprego e é assim que a amizade dos dois começa... 


Já tinha gostado do filme pelo trailer e estava ansiosa para vê-lo. Fazia um tempo que não via uma comédia romântica realmente boa como essa! Com certeza um dos melhores filmes que vi esse ano.

Justin Timberlake está incrível (fisicamente e atuando, é claro) e Mila Kunis agora é minha atriz favorita – eu adorei ela.

Ri horrores com o filme! Sério! A história é bem diferente do que estamos acostumados a ver em comédias românticas - o que foi muito bom já que não estava muito animada para romances típicos – mas ainda sim não deixa de ser fofo.

Jamie e Dylan são agora um dos meus casais favoritos! Eles ficam bonitinhos juntos! O filme é bem mais centrado na amizade dos dois do que os... beneficios. É claro, eles se apaixonam e tudo o mais mas a amizade dos dois é a coisa mais fofa do mundo!

O final me fez chorar. Sério! Eu adoraria que fosse comigo - inveja master da Jamie! 

Obs.: não vou comentar muito do filme! Assim perde a graça!


Ah! A trilha sonora do filme é muito boa! Vocês deviam conferir!

Já assistiram Amizade Colorida? O que acharam? Comentem!

XOXO,

Cami
19 novembro 2011

Top 5 Of Week #27

1. Ke$ha - U Better Know


2.  Every Avenue - Fall Apart



3. Selena Gomez & The Scene - Hit The Lights 



4. Jessie J - My Shadow


5. Glee Cast - Rumour Has It / Someone Like You


Bonus Track

Glee Cast - I Can't Go for That / You Make My Dreams


Glee Cast - Hit Me With Your Best Shot / One Way or Another


Glee - Cast - You and I / You and I


Desculpem o atraso! Não estive em casa hoje e tinha esquecido de deixar programado a postagem. Eu não podia deixar Glee de fora do Top 5 da semana já que os mash-ups (é assim que escreve?) ficaram incríveis!

Espero que tenham gostado!

XOXO,

Cami
16 novembro 2011

[FANFIC] 4:01 por Camila Takahashi

Speak Now: Crise Criativa


Mais um Speak Now para vocês! Espero que vocês gostem.

Não é de agora que eu adoro escrever. Não um qualquer escrever: gosto de escrever histórias.


Eu posso passar horas e horas pensando em uma história. As vezes faço isso antes de dormir (principalmente quando estou sem sono), quando estou entediada ou quando estou simplesmente inspirada.


Porém, nem tudo é um mar de rosas: quando começo a escrever uma história, eu normalmente consigo escrevê-la até a metade e quando eu preciso ‘resolver’ os problemas (ou montar problemas) eu simplesmente travo. Deve ser algum tipo de maldição ou não sei o quê.


É realmente frustrante quando isso acontece. Quero dizer, eu fico horas com a ideia na cabeça e quando vou passar pro papel – ou no Word, no caso - a história simplesmente somem! Eu queria entender por quê isso acontece... Será que o fato de isso ter acontecido tantas vezes, eu fico pensando que não posso terminar uma história? Ou eu não nasci para escrever?


Bem, se eu não tivesse nascido para escrever eu não estaria escrevendo esse post nesse exato momento. Então ficamos com a minha primeira opção. Isso sim é o que eu chamo de frustação. Eu mesma me amaldiçoei para não conseguir escrever...


Enquanto eu tento me manter focada em terminar esse post, mil e uma estórias se passam por minha cabeça... quem sabe uma delas consigam ser começadas, aprofundadas e concluídas? Isso só vamos saber quando eu escrever e se esse milagre acontecer, vocês serão os primeiros a saber.


Vocês também tem essa crise criativa? Comentem!


XOXO,


Cami, que um dia vai ser uma autora de best-sellers

Apenas Humana

E a princesa caía em seu próprio calabouço
Seu vestido claro era rasgado pelas colunas de ferro que saíam das paredes
Seu corpo sangrava com os cortes recém-abertos
Sua alma gritava por ajuda.

Em seus poucos anos de vida,
a nobre garota escolhera todo o seu futuro com base em seu coração
Com base em tudo que já vivera
E em qualquer sonho que queria tornar realidade.

Porém, agora ela estava presa em suas próprias decisões
Amara demais as pessoas erradas
Criara desnecessárias discussões
Acabara com tão falsas amizades
E construíra outras tão amadas.

Tomara decisões de adulta
Mas a princesa ainda era apenas uma criança
Amara como uma adolescente
Entretanto sofria como uma idosa
 Superara coisas sérias
No entanto, não esquecera bobagens.

No último ano, ela chorou,
ela riu,
ela sorriu, 
ela viveu.
Porque, no fundo, toda princesa é uma simples plebeia.
Por StarGirlie
Eu encontrei esse lindo texto no blog Feitiço das Palavras (visitem o blog!) e fiquei fascinada por esse texto e resolvi postar aqui para vocês. Espero que tenham gostado!
XOXO,
Cami 
14 novembro 2011

O que estou lendo: 'O Último Desafio'


Série: The 39 Clues #10
Livro: O Último Desafio (Into The Gauntlet)
Autora: Margaret Peterson Haddix
Editora: Ática
N de páginas: 332
Onde comprar: Saraiva

Vencer nem sempre é sinônimo de derrota.


Cinco continentes, quinze países. Foi longa a jornada de Amy e Dan em busca das 39 pistas que levam ao grande poder dos Cahill. Durante as poucas semanas e, que percorreram o mundo, eles fizeram descobertas que mudaram suas vidas: sobre a família, sobre os pais e sobre si mesmos.
Agora na Inglaterra, os irmãos, na companhia da au pair Nellie, vão enfrentar seu último desafio. Guiados pela vida e obra de William Shakespeare, terão de fazer as escolhas certas para atingir seus objetivos, muito diferentes daqueles do inicio da corrida – e bem mais difíceis.

Não acredito que esse seja ‘o último’ livro de The 39 Clues! Estou tão feliz por ter tido essa oportunidade de acompanhar a jornada de Dan e Amy Cahill nessa jornada incrível. Ok, do jeito que estou falando até parece que não vai ter mais livros da série. Tudo bem que esse é o último antes da série Cahill vs. Vespers (continuação de The 39 Clues) e ainda vamos ter O Livro Negro da Família Cahill e tudo o mais mas... Não deixa de ser o último, certo?

Fiquei muito animada quando descobri que ‘O Último Desafio’ iria falar de William Shakespeare! Sério, eu fiquei pulando feito uma doida (o que é bem normal) quando li a sinopse pela primeira vez. Abordaram várias curiosidades e lugares que fiquei bem animada em conhecer um dia. Eu não tinha pensado em que parte da família Cahill Shakespeare se encaixava e quando ‘descobri’ fiquei tipo ‘por quê não pensei nisso?’ e reparei que eu e Shakespeare podemos ter parentesco já que somos do mesmo Clã... deixem eu sonhar, ok?

Esse é o meu livro favorito da série. Isso é impressionante já que normalmente eu não sou muito fã de últimos livros mas, ‘O Último Desafio’ foi incrível. Margaret explorou cada personagem o que foi bem satisfatório já que nos outros livros os outros personagens não foram citados ou não foram aprofundados.

Tenho que comentar (mais uma vez) sobre o ótimo trabalho da editora Ática. Sério, as capas ficaram lindas! Eu achei que ficaram bem melhores que as originais. Além disso, a diagramação também ficou maravilhosa! Meus parabéns para o pessoal da Ática.

Quem quer ‘O livro negro da família Cahill’ levanta a mão! \o/

XOXO,

Cami

Trailer de Hunger Games!

Eu. Estou. Boba.

Depois de uma longa espera (ok, estou exagerando - pra mim foi uma demorada e longa espera, ok?) finalmente temos o trailer de Hunger Games (Jogos Vorazes)!



Fico perfeito! Eu adorei! Estava esperando hoje de manhã pra ver ao vivo no GMA e nossa quando passou eu ficava tipo: 'OMG! É a cena que... AH! OLHA ISSO! OH MY PEETA!... Nossa, que lindo que fico!' e assim foi durante o trailer inteiro.

Eu fiquei bem satisfeita com o trailer. Com certeza o filme ficou maravilhoso (e fiel) ao livro e isso é muito bom!

Não vejo a hora do dia 23 de março de 2012 chegar!

XOXO,

Cami
12 novembro 2011

Top 5 Of Week #26

1. Katy Perry - The One That Got Away


2. Glee Cast - Uptown Girl


3. The Wanted - Warzone


4. Cee Lo Green - Anyway



5. Gym Class Heroes - The Fighter ft. Ryan Tedder 



XOXO,


Cami
10 novembro 2011

Speak Now: Delírios de Consumo


A coluna ficou fora do ar por muito tempo, eu sei. Porém, hoje eu estou meio inspirada e pensei em fazer esse post falando sobre meus “Delírios de Consumo”, espero que gostem :)

Sabe, cada pessoa tem algum defeitos, mas sempre tem um que se destaca mais. O meu defeito? Querer falir meu pai.

Ok, deixa eu explicar: esse ano eu virei uma obcecada por livros e conheci o mundo fantásticos dos livros baratos (vulgo Promoções do Submarino). No começo eu comprava um livro. Aí passou pra dois... três... quatro... Chegou até a cinco livros por mês! Então vamos pensar: eu estou comprando livros desde maio. Vamos por uma média de que eu comprei 3 livros por mês... Bem, tecnicamente eu teria de ter comprado uns 27 livros até o momento, certo? Não é bem assim.

 Eu acho melhor nem dizer quantos livros eu comprei esse ano (mais que o dobro do que eu devia). Sério, eu só parei de comprar livros porque acabou os espaços que eu tinha para guardar. Já pensaram se eu tivesse a minha estante de livros quantos livros eu teria agora? É melhor nem comentar.

Eu nunca tinha parado para analisar isso até o momento em que eu coloquei o ‘Avalon High’ da Meg Cabot na minha estante improvisada que estava lotada de cima a baixo. Eu olhei para aquele monte de livro e falei: ‘não pode ter tantos livros que eu ainda não li aqui...’ e nisso eu fui contar quantos. Não tinha lido nem metade dos livros que eu tenho.

Eu estava sendo persuadida pelos sites com tentadoras promoções de livros! Toda vez (digo, toda semana) que saia uma promoção eu dizia: ‘ah! Esse livro está super baratinho! É melhor eu comprar agora porque depois vai ficar caro’ e nisso eu comprei, comprei, comprei... E deu nesse monte de livros sem ler.

Mas eu posso dar uma explicação (razoável) disso. Eu demorei muito tempo para começar a ler por prazer/diversão/distração e estava querendo compensar o tempo perdido com todos os livros possíveis e inimagináveis. Então eu tecnicamente não sou culpada... tecnicamente.

Bom, agora eu já estou me ‘curando’ disso. Já faz 1 semana que eu não compro nenhum livro! Ok, tem também o fato de não ter espaço, mas ainda sim eu poderia dar um jeitinho e comprar um livro, porém, não fiz isso! É quase que um milagre! Hahahahaha

Você também já passou/está passando pela mesma situação que eu? Comente!

XOXO,

Cami, que está se controlando para não comprar ‘Eu Sou o Número 4’ com a capa original do livro.
07 novembro 2011

Enchanted for: Demi Lovato

Demetria Devonne Lovato (20 de agosto de 1992) ou simplesmente Demi Lovato é uma atriz, cantora e compositora norte-americana. Filha de pais divorciados, tem duas irmãs, uma mais velha e outra mais jovem, fruto de outra união de sua mãe. Quando jovem, foi vítima de bullying e sofreu com distúrbios alimentares até o final da adolescência, quando descobriu que tinha distúrbio bipolar. Engajada em campanhas, ajuda entidades filantrópicas que auxiliam crianças doentes e vítimas de preconceito, bem como outras em favor do meio ambiente.

Como atriz, sua carreira teve início em 2002, quando, aos nove anos de idade, ingressou no elenco da série de televisão infantil Barney e seus amigos, tornando-se internacionalmente conhecida apenas a partir de 2008, quando atuou como a protagonista Mitchie Torres no filme original do Disney Channel Camp Rock. Entre 2009 e 2011, participou da série de televisão Sunny entre Estrelas, interpretando a personagem-título, Sunny Munroe.

Em sua carreira musical, atua como artista solo, tendo lançado seu álbum de estreia, Don't Forget, em 23 de setembro de 2008. O disco debutou na segunda posição da parada Billboard 200, com a venda cerca de 89 mil cópias em sua primeira semana de distribuição, e mais tarde ganhou o certificado de ouro da RIAA, por ter vendido mais de 500 mil cópias nos Estados Unidos. Here We Go Again, seu segundo álbum, foi lançado em 21 de julho de 2009 e alcançou o número um da Billboard 200, com 108 mil cópias vendidas na primeira semana. Seu terceiro álbum de estúdio, Unbroken, foi lançado em 20 de setembro de 2011.
 [Fonte: Wikipédia]
Ah, Demi! Eu a adoro! Desde Camp Rock eu sou encantada com ela! É incrível o quanto ela cresceu, amadureceu e ficou ainda mais linda, né? Demi é uma das minhas inspirações por sua força e seu jeitinho fofo. Sabe quando você gosta muito de alguém e quando pedem para descrevê-la você não consegue? É isso que acontece comigo quando alguém me pede para falar sobre ela. Demi é tão incrível e talentosa que se você não a conhece devia ir imediatamente procurar sobre ela. Mas bem, chegar de falar e vamos as músicas:





















O que acharam? Comentem!

XOXO,

Cami
06 novembro 2011

O que estou lendo: 'Reunião'


Série: A Mediadora (The Mediator #3)
Livro: Reunião (Reunion)
Quem escreveu: Meg Cabot
Editora: Galera
N° de páginas: 268
Onde comprar: Submarino


É primavera e tudo o que Suzannah deseja é aproveitar o tempo com a melhor amiga, Gina, que veio de Nova York para visitá-la. Mas a vida de uma mediadora não pode ser tranquila assim, Suzannah tem o dom de ver e falar com os mortos e o dever de ajudá-los a resolver pendências neste mundo para que descansem em paz.
Em um dia quente, elas estão comprando um refrigerante quando Suzannah percebe quatro jovens vestidos em roupas de gala.Ninguém mais pode vê-los: são fantasmas. Os adolescentes - conhecidos como os "Anjos da RLS", a escola Robert Louis Stevenson - morreram em um acidente de carro, na volta de yna festa de formatura.
Logo Suzannah descobre que o apelido "Anjos" não poderia ser menos apropriado. Uma série de acontecimentos sinistros coloca em risco a vida de Michael Meducci, um nerd de sua turma, envolvido no acidente. Para protegê-lo, Suzannah precisa se aproximar e fingir que está apaixonada... Justo ela, que só tem olhos para Jesse, o fantasma bonitão que mora no seu quarto.
Os quatro fantasmas e Michael darão muito trabalho à mediadora. Até que Suzannah consifa resolver mais esse caso e fazer com que os "Anjos" sigam seu caminho, ninguém estará em segurança, nem mesmo ela, seus irmãos e Gina. 

Deve ser um novo recorde: li Reunião em menos de 3 dias! Fazer o que se a história é fantástica? Tinha de ser Meg Cabot, não é mesmo? Cada vez mais estou meapaixonando pelos livros dela!

Estava anciosa para ler Reunião já que é o livro com a minha capa favorita da série. Devo dizer que não entendi muito bem a capa (não tem nenhuma passagem que tenha haver com ela) mas ainda sim é linda! O único problema é que mancha muito! Eu fico toda hora limpando para não ficar cheio de marcas de dedos mas ainda sim fico meio manchadoe com marcas de cola (obrigada Submarino por isso). Apesar dos meus problemas com a capa, eu devo dizer que a história é muito boa!

Não sei ao certo o que falar sobre a históra (o resumão já está aqui em cima). Mas vamos começar pela Suze: já disse que amo essa garota? Sério, ela e a Katniss de Jogos Voroazes estão em meu coração pelo modo impulsivo e agressivo de ser (que a Suze está 'controlando´). Além disso, essas duas personagens tem uma outra coisa em comum: o amor pelos amigos e família. Isso foi profundo, não foi? Mas é a pura verdade. Não tinha reparado esses fatores comuns entre as personagens... Bem, whatever. Vamos voltar ao assunto. Meg Cabot é muito malvada com a Suze! Tipo, deixa a menina aproveitar um pouco mais! A coitada só tem problemas desde que chegou na Califórnia! Hahahahahaha Por favor, tia Meg, deixe Suze aproveitar melhor seus "romances"!

Sobre os outros personagens, eu tenho de falar sobre Gina! Eu adoraria ter uma amiga como Gina! Ela é engraçada e fiel a sua amizade com Suze. Ok, ela é a única amiga de Suze mas isso não vem ao caso. Eu queria que tivesse mais participação de Mestre (digo, David) que é a coisa fofa daquela casa! Adoro seus comentários bem... esclarecedores. Eu fiquei com bastante raiva de Dunga/Brad em Arcano Nove mas me parece que agora que terminei de ler Reunião, eu não estou com tanta raiva dele assim... Soneca/Jake me pareceu muito bonitinho dando uma de irmão-mais-velho-responsável-pelos-atos-idiotas-da-meio-irmã. Sério! Achei muito bonitinho isso! Hahahahaha E padre Dominic? Fiquei super curiosa para saber sobre seu passado... (não vou dizer mais nada sobre isso)

Falando em curiosidade: Jesse! Sério, eu estou ficando aflita por não ter sido revelado muito sobre ele (digo, nada nesse livro). Porém, adoro quando ele aparece! Eu babo no Jesse, sério. Hahahahahaha Teve uns momentos muito fofos nesse livro entre os dois!

Preciso urgentemente de 'A hora mais sombria'!

XOXO,

Cami
05 novembro 2011

Top 5 of Week #25

1. Foster The People - Call It What You Want 



2. Jacqueline Emerson - Peter Pan

(Ela vai ser a Cara de Raposa em Jogos Vorazes *-*)

3.Tiffany Alvord & Luke Conard - Back Home (cover de Gym Class Heroes)



4. Taylor Swift - Mary's Song (Oh My My My)



5. Carrie Fletcher - I want I want I want

(essa música foi escrita para o One Directions pelo Tom Fletcher do McFly! Pois é. E sim, Carrie é irmã do Tom)

Bonus Track
  
Pop Medley 2011 (Sam Tsui & Kurt Schneider) 



XOXO,


Cami
04 novembro 2011

O que estou lendo: ‘Química Perfeita’


Série: Perfect Chemistry Trilogy #1
Livro: Química Perfeita (Perfect Chemistry)
Quem escreveu: Simone Elkeles
Editora: Underworld
N° de páginas: 307
Onde comprar: Saraiva

Os garotos do instituto Fairfiel, no subúrbio de Chicago, sabem que South Side e North Side não se misturam.
Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o marginal Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aulas de química, os resultados prometem ser explosivos.
Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: o amor.
Serão eles capazes de romper os preconceitos e estereótipos que os separam?
Viaje pelos dois lados em uma apaixonante história de amor que nos ensina a enxergar por trás das aparências.

Terminei de ler ‘Química Perfeita’ agora mesmo (literalmente dizendo) e não podia deixar de falar sobre esse maravilhoso livro.

Vi várias resenhas sobre ele em inglês e quando soube que a Editora Underworld iria lançá-lo aqui no Brasil simplesmente surtei. Na verdade, esse foi uma verdadeira novela mexicana para comprar: o livro foi lançado no começo de setembro e quando eu fui comprar, ele estava esgotado então esperei. Quando estava disponível para comprar, eu fiz o pedido e olha que legal: bem na greve dos correios. Você pode imaginar o quanto esperei para ler esse livro? Mas toda essa espera com certeza valeu muito a pena.

Eu pensei que era um livro mais bobinho e água com açúcar: não poderia estar mais enganada. Química Perfeita conta a história de Brittany Ellis – líder de torcida, com um namorado perfeito, loira, olhos claros, muito bela, rica – e Alejandro Fuentes – mexicano, membro de uma gangue denominada Sangue Latino, pobre. As pessoas certamente vão dizer que é uma história clichê por contar a velha história do garoto bad boy e da menina certinha e popular que vivem um amor “proibido” mas a história não se resume a apenas isso. Nós conhecemos um lado diferente da menina perfeita e do garoto de gangue. Um lado que ela esconde, um lado que poucos conhecem. Um lado que até eles mesmos tem medo de mostrar.

O livro prende com sua história sem enrolarão prendendo o leitor do começo ao fim. O legal é que os capítulos são narrados intercaladamente entre Britt e Alex deixando a história bem mais fácil de ser compreendida. Admito que gostava mais das partes narradas pelo Alex (desculpa ai se eu gosto de garotos que sabem-que-são-irresistíveis) e Brittany não havia me trazido tanta simpatia no começo. Nenhum dos dois me foram muito simpáticos a primeira vista, pra ser honesta. Mas nós conhecemos os personagens e não é possível não se apaixonar pelos dois.

Com certeza vai pro meu top 10 desse ano!

E sim, é uma trilogia! Calma, vou explicar: esse foi o primeiro livro da trilogia que conta a história do primeiro Fuentes (Alex) e nos dois outros livros vão ser contadas as histórias de Carlos (Rules of Attraction) e Luis Fuentes (Chain Reaction) que são irmãos mais novos de Alex. Entenderam?

Bem, eu espero que tragam logo esses dois livros!

XOXO,

Cami