23 novembro 2010

These Four Walls



These four walls they whisper to me they know secrets I knew they would not keep it didn't take long for the realm to fill with dust and these four walls came down around us it must have been something to send me out of my head with the words so let go and all that I meant now I wait for a break in the silence cause it`s all that you left just me and these four walls again it's hard now to let you be I won't make excuses I've made my peace it didn't take long for me to lose the trust cause these four walls they're not strong enough it must have been something to send me out of my head with the words so let go and all that I meant now I wait for a break inside it scars into all that you left just me and these four walls again yeah is difficult watching us babe knowing it's all my fault for my mistake yeah, is difficult letting you down knowing it's all my fault that you're not around it must have been something to send me out of my head with the words so let go and all that I meant now I wait for a break inside it scars into all that you left just me and these four walls again oh, yeah again...

{Happy Birthday, Miley Cyrus!}


22 novembro 2010

AMA 2010

Heeey!

Então, já que eu to de férias *dancinha de 5 segundos* eu posso dormir tarde em pleno domingo! *u* Mas obviamente eu não iria ficar igual uma idiota fazendo nada até 2h da manhã né?! aushuahsauha' Para quem não sabe, ontem aconteceu o American Music Awards 2010!

Bom, eu acompanhei pela TNT e eles voltavam do comercial meio atrasado mas deu pra entender tudinho. O show começou com a diva maravilhosa e absoluta Rihanna *RAWR*. Eu gostei bastante da apresentação dela apesar do cabelo Alcione dela. Rihanna performou durante 7 minutos com os hits "Love The Way You Lie (Parte 2)", "What's My Name?" e "Only Girl (In The World)", a apresentação foi uma ótima escolha de abertura para a premiação.

A apresentação do Justin Bieber realmente me surpreendeu, com certeza foi uma das melhores apresentações dele. O boy tocou seu novo single, Pray. A apresentação foi realmente belíssima com direito a ter Bieber tocando piano. Seu figurino estava black & white deixando um ar mais sério ao garoto mas deixando-o ainda mais estiloso.

Outra apresentação que eu estava louca para ver era de Miley Cyrus. Haviam boatos de que ela cantaria uma nova música sobre a separação dos pais, Liam e Demi mas, infelizmente, ainda não foi a estréia de uma nova música da diva. Porém, Cyrus cantou seu hit 'Forgiveness and Love' (que é uma das minhas músicas favoritas do álbum Can't Be Tamed). Para a 'surpresa' de muitos, Miley vestia um longo vestido preto que cobria praticamente todo seu corpo apenas deixando seus pés (que estavam descalços), mãos e rosto a mostra. 

Taylor Swift, minha linda e diva... O que dizer? Taylor estava magnifica em sua apresentação com seu 'piano voador'. Vestida toda de preto e com o cabelo preso, sem os lindos cachinhos, Swuft cantou um medley de seu hit Back to December com a música Apologize (One Republic). Como sempre, uma ótima apresentação da loirinha.

Black Eyed Peas, para variar, foram surpreendentes! O grupo que esteve recentemente no Brasil, se apresentou com seu novo single 'The Time' do álbum que está previsto para chegar em 10 dias as lojas. Com uma apresentação cheia de cores e efeitos de luzes e com direito a 'elevadores', a banda teve uma ótima performace. (Obs.: Eu realmente acho que eles roubaram aquelas roupas do guarda-roupa do Restart...)

Agora, tenho que dizer sobre a apresentação de Katy Perry! Com certeza, uma das melhores da noite, Katy arraza com a performace de Fireworks que em minha humilde opinião, a música é uma das melhores do ano. A linda vestia um lindo e brilhante vestido vermelho (que logo foi 'retirada') performava enquanto atrás eram 'disparados' fogos e mais fogos de artificio deixando o show ainda melhor.

Na falta de Lady Gaga, Ke$ha surpreendeu com seu (magnifico) figurino! Como uma das últimas apresentações da noite, Ke$ha performou com seus hits "Take It Off" e "We R Who We R" cheio de efeitos de luzes e uma coreografia surpreendente. Contrariando o penteado que usou no tapete vermelho (moicano), ela usou seus cabelos soltos e uma roupa bem 'rocks'. Ao final, Ke$ha taca uma guitarra branca que atrás estava escrito 'HATE'  no chão. (isso me faz lembrar o clipe 7 things da miley...)

Apesar de grávida, Pink apresentou-se com uma grande perforce. Com direito a pista de skate e tudo mais, a linda cantou seu single Raise Your Glass. 

Bom, não falei sobre todas as apresentações mas já deu para ver que foi uma grande apresentação não é mesmo?

XOXO,

Camila

Meu novo vício: TRAIN!

Cara, vocês não tem noção de o quanto eu estou VICIADA na banda Train! Sério mesmo! O CD Save Me, San Francisco está simplesmente icrível! 

E eu adoraria ganhar de natal o CD *cof cof*! Hahahahaha Até que é uma boa idéia não? Uma dica de presente de Natal para quem gosta de música boa!

As minhas faixas favoritas são 'Save Me, san Francisco', 'Hey Soul Sister', 'If It's Love', 'Parachute' e 'I Got You', apesar de eu amar o CD todo.

Então, para você, trago o clipe da música mais famosa deles: HEY SOUL SISTER!


XOXO,

Camila

Férias!

Hey evebody!

As minhas tão sonhadas férias de final de ano chegaram! *-* hahahaha

Eu estava planejando tantas coisas para fazer e nem ao menos me lembro de uma! Mentira. Eu lembro de algumas sim. E uma delas é postar mais vezes aqui! Então, a partir de hoje, prometo que vou postar o máximo possível!

XOXO,

Camila
15 novembro 2010

Evolução

Heeey! Eu sei que disse que iria postar mais vezes mas é que eu empolguei com um negócio ai e nem deu para postar. (Obs.: vocês vão saber o mais breve possível o que eu estou fazendo!)

Resolvi escrever um post sobre o quanto evolui esse ano... Ok, o ano ainda não acabou mas poxa eu queria escrever sobre isso!

É incrível o quão mudamos em poucos meses. Pois é, eu mudei muito esse ano. Até alguns meses atrás, eu era apenas uma garota cheia de sonhos, inocente e que pensava que não existiam coisas ruins nem nada disso. Hoje, vejo que mudei muito meu jeito de pensar sobre as coisas. Talvez por ter convivido com pessoas de opiniões diferentes da minha, por ter adquirido mais responsabilidade, ter mais visão sobre a vida, entre outras coisas.Vejo que amadureci muito pelo simples fato de entender que nem tudo é para sempre ou perfeito.
As vezes paro para pensar se eu simplesmente aprendi mais com o convívio de algumas pessoas e situações ou por simplesmente ter aberto a mente para o mundo ao meu redor. Acho que as duas coisas.
É tão bom ver que hoje eu consigo ser mais independente e não precisar ficar procurando as pessoas só por algo estar errado. Ok, eu procuro as vezes ainda mas apenas nos momentos que realmente não tem como lidar sozinha. Percebo que não sou mais dependente de outras pessoas (no sentido de poder ficar apenas na minha) e que eu posso ser feliz assim. É claro, é sempre bom ter alguém para converssar mas, não que eu dependesse de ficar cercada por pessoas.
Vi também que certas palavras de tão grande significado não podem ser ditas para qualquer um. Por exemplo, um 'eu te amo'. Quantas vezes disse isso? Quantas vezes disse a pessoas que me diziam o mesmo mas não sentiam mesmo isso? Ou do contrário: disse que as amava mesmo não sentindo isso? Posso estar errada mas eu não acho que realmente estamos sendo 'sinceros' ao dizer isso. É claro, sempre tem a excessão. Mas de tantas vezes, uma ou outra excessão não é pouco demais?
Fico triste por certas coisas terem sido do jeito que foram esse ano. Realmente sinto muito por certas coisas terem acontecido. Mas a vida é assim e temos de seguir em frente e com a cabeça lá em cima pois é o único jeito de se viver.
É incrivel como a vida nos dá presentes quando mais precisamos. Posso dizer que quando mais precisei de um ombro amigo, eu sempre pude contar com algumas pessoas os que eu chamo de amigos. Não apenas os antigos mas os novos também. Então, muito obrigada por existirem!
Estava me lembrando agora a pouco o que disse a alguns amigos meus recentemente: 'Não vou chama-los de BFF (Best Friends Forever) pois nada que é bom dura para sempre. Mas saibam que vocês sempre serão os melhores e eu fico feliz todos os dias por poder chama-los de amigos.'. Nada que é bom dura para sempre, foi uma frase que realmente define muitas coisas que aconteceram esse ano e que estão marcadas em minha vida.
É tão gratificante ver que fazermos parte da vidas dos outros também e que deixamos marcas em suas vidas mas o que realmente me deixa feliz, é por eu estar fazendo as coisas que gosto e que acho certo.
Então, a mensagem que deixo a vocês, é que aproveitem a vida! Seja feliz e faça o que acha certo. Que você tenha uma vida incrivel pela frnete assim como eu espero que eu tenha.

XOXO,

Camila
03 novembro 2010

Music

Oi!

Eu estou o dia todo tentando achar algo pra escrever mas acho que estou com bloqueio criativo.Então, para compenssar, vou postar algumas musicas novas que eu ando escutando esses dias.

- Action Item - Somewhere Out There



- Nicole Scherzinger - Poison



- Nelly Furtado - Night is Young



- Black Eyed Peas - The Time (The Dirty Bit)



- Katy Perry - Firework



- Taio Cruz ft. Kylie Minogue - Higher



- Pixie Lott - Catching Snowflakes




-Honor Society ft. Nick Jonas - My Own Way



- Rihanna ft. Eminem- Love The Way You Lie (Part. 2) 





- Charice ft. IYAZ - Pyramid



Espero que tenham curtido.

XOXO,

Camila

Sharpay’s Fabulous Adventure

Heey!

Já repararam que o post é bem...ROSA né? Mas tem um motivo para isso: Sharpay’s Fabulous Adventure! 

Para quem era/é fanático(a) pelos filmes de High School Musical se preparem pois Sharpay está de volta!

Ok, depois do meu momento-vendendo-o-peixe (piada interna) confiram agora o sneak peak do filme que estréia no ano que vem!



Owwn *-* Minha diva, Ash!

XOXO,

Camila

Histórias que nos fazem refletir

Oii!

Então, eu estava aqui mexendo em alguns sites/blogs e entrei no blog da pessoa que me levou criar o meu blog: Thiago Banik. Mas tirando o meu comentário de ele ter sido o motivo-da criação-do-blog e voltando ao que eu queria dizer... Bom, ele como sempre, postou umas coisas que realmente me tocou e gostaria de compartilhar um dos post dele aqui para vocês...

Sabe quando tudo aquilo que tratamos como um problema gigantesco, uma dor de cabeça enorme, fica pequeno diante de uma história que você vê na televisão? Pois é, na semana passada eu assisti a uma reportagem que me faz repensar muita coisa.
A tal matéria mostrava a rotina de Laura Zanchettin, uma garotinha de apenas 10 anos que está internada no Hospital Pequeno Príncipe à espera de um coração. Quando vi aquela cena, tive a certeza de que muitas vezes não valorizamos o que temos de bom e melhor.
Fiquei tocado, disposto a ajudar, mas sem saber o que fazer. Desde então, só uma frase martela na minha cabeça: “Todos têm o direito de ter um sonho, de lutar por ele”.
O que seria de cada um de nós sem um sonho? Mesmo que ele seja pequeno. Nascemos com essa vontade de sonhar, por mais inalcançável que ele pareça. Mas tenho certeza de que todos lutam por ele, criamos essa esperança. E se nunca fizermos isso, a vida perde o sentido. Para mim, viver é sonhar.
E também acho que todos têm o direito de viver uma ou várias paixões. Amar e sentir um friozinho na barriga sempre que vemos a pessoa amada é sensacional. E também não só essa parte boa do amor, claro.
Precisamos sentir pelo menos uma vez o nosso coração partido, e não falo isso como se fosse algo ruim, pois uma decepção nos traz várias lições que uma vida só de amor não traz. Enquanto não tivermos tudo isso que eu falei, nunca saberemos o sentido e o valor que nossa vida tem, pois por isso eu espero que essa menina e outras pessoas que estão na mesma situação dela saiam desse estado e possam ter uma trajetória repleta de aventura, sonhos, amor e perigo.
Se ficou interessado em saber mais detalhes sobre a história de Laura e quer saber mais sobre a campanha Doar é Viver, acesse (www.doareviver.com.br).
Todos têm o direito de ter um sonho, de lutar por ele. Dê essa oportunidade a alguém que ainda não conseguiu, ajude o próximo, doe.
Thiago Banik
* Texto originalmente publicado na edição impressa do GAZ+ (30 de outubro)

XOXO,

Camila